Entre em contato!

(11) 3050.4433 / 3887.4433

Horário de Funcionamento

Segunda a Sexta-Feira: 7h30 às 17h00

Primeira consulta?

Clique aqui e saiba mais!

Horário de Funcionamento

Segunda a Sexta-Feira: 7h30 às 17h00

Primeira consulta?

Clique aqui e saiba mais!

Laserterapia

A palavra LASER corresponde a uma sigla composta pelas palavras Light Amplification by Stimulated Emission of Radiation, a qual significa “Amplificação da Luz por Emissão Estimulada de Radiação.

O princípio da bioestimulação promovido pelo Laser de Baixa Potência foi introduzido há mais de 30 anos na área da saúde e é aplicado para acelerar a cicatrização de lesões intraorais. Em associação a um fotossensibilizado, possui efeito antimicrobiano, sendo também utilizado em infeccções orais.

Nas situações clínicas, pode ser aplicado para se obter resultados terapêuticos nos casos de: afta (úlcera aftosa recorrente), alveolite, bioestimulação óssea, cirurgias, lesões de cárie, DTM (disfunção temporomandibular), edemas, endodontia, gengivite e periodontite, herpes simples, prevenção do aparecimento de lesões de herpes, hipersensibilidade dentinária, lesões traumáticas (úlceras), mucosite decorrente de quimio e radioterapia, ortodontia, pediatria, nevralgia, paralisia facial, queilite angular e parestesia.

A radiação emitida pelos lasers de baixa potência proporcionam ao organismo uma melhor resposta à inflamação, com consequente redução do edema e minimização da sintomatologia dolorosa (efeito analgésico), além de favorecer de maneira bastante eficaz a reparação tecidual da região lesada mediante a bioestimulação celular.

O LASER causa Câncer?

Não. A radiação emitida pelos aparelhos de laser se caracteriza por ser uma radiação não ionizante, portanto não possui energia suficiente para causar uma alteração na configuração de elétrons dos átomos.

 

Herpes Labial

A Vedovato Odontologia usa este recurso há mais de 15 anos no tratamento e controle de seus pacientes e agora oferece um tratamento específico para a lesão e prevenção de uma das alterações mais incômodas aos pacientes, a herpes simples na região da boca.

O tratamento para as lesões de herpes simples consiste na aplicação de um agente fotossensibilizador na lesão, o qual junto com o LASER produz efeito antimicrobiano, antiinflamatório e induz o reparo do tecido.

Além do tratamento, há a laserterapia para prevenção do aparecimento da herpes labial. Esta prevenção consiste em 10 sessões de aplicação de LASER na região oral e perioral, e após 6 meses mais 5 sessões de aplicação.

A terapia preventiva, na grande maioria dos casos, reduz a frequência de aparecimento das lesões de herpes.

Se você tem essas lesões de forma recorrente, procure-nos, temos a solução para minimizar os sintomas da herpes simples.

As profissionais responsáveis pela área de Laserterapia na Vedovato Odontologia são: Dra. Maria Angélica Pires Vedovato, credenciada em 2005, e Dra. Caroline Parducci Arruda, credenciada em 2017.

Nós cuidamos do seu sorriso!

A Vedovato Odontologia se preocupa com o seu sorriso e bem estar. Entre em contato conosco e saiba como ter um sorriso mais saudável.
Web Design: